Posts Tagged ‘Argentina’

Pra começar…

11 de Março de 2009

Pra abrir esse blog, nada melhor do que apresentar a rodada do dia para os clubes brasileiros.

Primeiro é bom lembrar que os horários dos jogos do Paulista e da Taça Rio são os horários Globais. Uma vergonha para o futebol brasileiro fazer jogos no meio da semana às 21h50, para terminar beirando a meia noite, para a massa que trabalha cedo no dia seguinte. Desrespeito sem fim para o torcedor (como se não bastasse a estrutura precária dos estádios).

Vamos lá:

Libertadores:

Pela Libertadores o Grêmio pega o Chicó da Colombia às 21h50 com Celso Roth na corda bamba! Se perder ele cai, por outro lado, os jogadores mostram que vão jogar pelo treinador… É esperar pra ver se a crise do Grêmio vai ser maior que sua força.

Paulista

Ronaldo e mais 10 (popularmente conhecido como Corinthians) jogam contra o São Caetano no horário sem vergonha, no Pacaembu, com provável recorde de público (adivinha o motivo de tanto público). Morais, com torcicolo não foi nem relacionado. Boquita deve entrar; Alessandro ou Fabinho na direita; Dentinho, que está voltando a jogar, ganhou o lugar de Jorge Henrique, que também está jogando muito; Quem começa o jogo? Souza ou Ronaldo? Milton Leite criou uma frase pra história: “O Ronaldo jogou mais nesses 30 minutos do que o Souza no campeonato inteiro”. Aposto que o Ronaldo entra no segundo tempo. Aposto que o Souza vai começar a jogar melhor. Aposto que mesmo assim ele não vai fazer gol.

O Verdão vai pegar o Ituano em Itu no mesmo horário que o jogo do Grêmio e Corinthians, querendo reencontrar futebol que encantou a todos no começo da temporada. Com tranquilidade vai. Quem não vai é Marcos (por lesão), Edmílson, poupado por excesso de jogos (ou de erros) e Capixaba, que foi expulso domingo. Sandro Silva ou Wendel? Acho que o chapéu ganha.

Estréia de fato de Paulo Bonamigo na Lusa contra o Guará com ambinções ousadas para o G4. Sem Athirson. Portuguesa se bobear, dança.

Taça Rio:

Carlos Alberto Parreira reestreia pelo Flu contra o Volta Redonda, promovendo apenas uma mudança no time: sai Leandro Bomfim, entra Marquinho. O Flu vem ofensivo, com apenas um volante de origem, já que Romeu vai ter liberdade pra jogar.

Flamengo busca sua paz interior depois da discussão do goleiro Bruno com o auxiliar-técnico Andrade. Pega o Duque de Caxias no horário da Globo. O ideal para o time da Gávea, pelo número de novelas internas,  seria se mudar pro PROJAC de vez.

Hermanos:

Riquelme deu pití e não vai mais jogar pela Argentina enquanto Maradonna foi técnico. Maradonna tem se mostrado um bom técnico, Riquelme um craque. Quem deve estar gostando disso é o Carlitos Tevez.